Logon 23 ecoturismo-arredores-brasilia.aspx

    ​​5 atividades de ecoturismo nos arredores de Brasília


    A capital do Brasil é bastante famosa entre os apaixonados por natureza, por dar acesso à Chapada dos Veadeiros (que na verdade fica no estado de Goiás). Mas o que muita gente não sabe – com exceções dos brasilienses, é claro – é que a menos de 1 hora de carro do centro da cidade existem atrações para ecoturista nenhum botar defeito. Conheça as 5 opções de passeio que separamos para sua viagem:​​​​ 

      ​Desbravar as trilhas e cânions da Chapada Imperial
      Reserva ecológica e maior área de mata particular preservada do Distrito Federal, a Chapada Imperial é um refúgio natural pertinho da cidade. Apenas 50 quilômetros distante do centro de Brasília, o local abriga mais de 30 cachoeiras que tem origem do ribeirão Dois Irmãos, além de pequenos cânions que podem ser acessados pelas diversas trilhas que passam pelo terreno. O espaço é enorme e conta com ótima estrutura, inclusive de alimentação, banheiros, transporte interno e atividades como arvorismo e rapel. Vale a pena reservar um dia todo para conhecer o lugar. O preço não é dos mais em conta (a partir de R$ 90 para adultos), mas vale pela facilidade e conveniência de aproveitar a natureza em estado pleno de beleza bem pertinho da cidade. 
      Desfrutar das águas do Poço Azul
      Também a menos de 1 hora de Brasília, o local é de extrema beleza, especialmente por conta da abundância de água que é característica da região do Planalto Central. No local, além de algumas cachoeiras de águas cristalinas e poços para quem quiser relaxar e ao mesmo tempo lavar a alma, há uma caverna inundada de impressionar qualquer um. Os acessos de um ponto ao outro são por trilhas bem sinalizadas. Por estar em uma propriedade privada, o acesso ao Poço Azul custa R$ 8 por pessoa e não há, no local, comércio de alimentos e bebidas, portanto se for passar o dia lembre-se de preparar um kit com água e comidinhas. 
      Aventurar-se na Cachoeira do Tororó
      A cerca de 40 quilômetros da capital federal, essa cachoeira não é grande (seu nome, inclusive, significa, em Tupi, “pequena cachoeira”), mas mesmo assim é uma ótima alternativa para quem quer escapar da cidade e imergir um pouquinho na natureza – inclusive quem tem pouco tempo e por isso precisa de algo rápido e fácil. Para chegar à queda d’ água é preciso encarar 2 quilômetros de trilha com alguns desníveis cercado pela exótica vegetação do cerrado. 

      O poço da cachoeira é ideal para crianças, pois é bastante raso. Os praticantes de rapel também encontram ali a oportunidade de se aventurar, mas para isso lembre-se de entrar em contato com operadores locais que possam auxiliar na prática. O acesso ao local custa R$ 5 por pessoa e não há estrutura de alimentação no local. 

      Vale a dica: devido à proximidade de Brasília, essas atividades costumam receber muita gente nos finais de semana. Se puder, evite e vá em dias mais tranquilos. Outro alerta importante é com relação ao lixo. Seja consciente e leve tudo embora com você. Uma outa atração da região, a Lagoa Azul, precisou ser fechada tamanho o descuido dos visitantes. Se cuidarmos da natureza, sempre poderemos desfrutá-la!​  

      Conteúdo criado por PLOT CONSULTORIA DE VIAGENS.